Postagens

Mostrando postagens de 2015

CAMPO MINADO

Imagem
Alforria destilada diversos eus na encruzilhada
Celeuma intrigante faz de mim um viajante
A carapuça veste na parede crua reveste
Saliências depuradas eu comigo nas madrugadas
Meu silêncio grita dum urgir sentido na Palestina
Ouço o riso triste sei que é meu e se eu partisse?
Fuga descabida o mover das águas Heráclito já o dizia
Verbos insanos sopro calado invado os oceanos
E neste campo minado discorrem girassóis é meu legado






IMAGENS LIVRES Disponível em . < cova-do-urso.blogspot.com  > . Acesso em 15/11/2015

ebuLIÇÃO

Imagem
Divago... 

meu pensar trafega por ruas invernais disfarça meu sentir d'um elixir que se vai num destino incerto ecoam lágrimas puras dos soluços que caem  orvalho feito uvas 
cristais quebram o silêncio dos azedumes extraem remanejo o laço rosa que de mim se esvai  destruída em prosa num monólogo atroz empoeirada ao redor
embargo toda a voz me alongo em léguas
no entorno me acho
o caminho dá tréguas
esfria meu cansaço
o choro que me abraça
para tal sorte empurro
o que não me embaraça
nas esquinas... perduro









IMAGENS LIVRES. Disponível em . <livegothic.blogspot.com .> Acesso em 29/07/2015.

JUGO MUDO

Imagem
De brio semblante e total presunção alarmante pura estupidez imaculada soberba é a sua vez desafoga esse tirano  que lhe amola esse é o momento lhe convence? aproveite o ensejo
Restou-me as farpas do revés donde estou afirmo que não sou da gênese que me conduz estou dentre os súditos nos caminhos úmidos seduz camuflada liberdade me degolo neste disfarce ouço a chibata nos palmares






IMAGENS LIVRES. Disponível em: < blogs.odiario.com > . Acesso em: 19/06/2015.

DOLORIDA

Imagem
Entre os sucos da minha pele gotejam o teu rubro cavalgo no teu sangue me restam as lágrimas em derradeiros sopros acinzentados do suspiro ofegante à tumba do olhar quebrado ao silêncio limito o meu horizonte não vejo mais em ti a minha via suntuosa que contorce, geme e fede pois tu vida que sangras não é dolorida é por demais doída











IMAGENS LIVRES: Disponível em: . < conferenciasdepoder.blogspot.com   > . Acessado em 27/05/2015, 23h17min

MEMÓRIAS

Imagem
Doces  memórias  que o tempo não ousa apagar teu olhar, teu sorriso  estarão no mesmo lugar paro e reflito quanto tempo perdido... Por onde andas? teu cheiro ainda me encantas ao contemplar o alto no céu eu retive  estrelas a brilhar nelas teu olhar contive segui para o mar na ilusão de te encontrar no mar revolto pus-me a chorar insisto, persisto a te procurar estive nas montanhas no mais alto dos cumes ludibriei todas as façanhas mais que real é o teu perfume estrelas indicam o possível lugar por que de mim tu foges? Serás medo de amar? Coloco-me ao teu dispor que desfaça todo o rancor pois o que há de mais belo,  é o nosso puro e singelo amor!






IMAGENS LIVRES Disponível em . < rogeriabreves.blogspot.com  > . Acessado em 13/05/2015, 22h15min

DEZESSETE

Imagem
(Créditos: Liliam Bolner)


E assim, ela remete olhar fixo, decidido riso solto, comovente não mais sete assevero dezessete
Vinha... e deste pretérito imperfeito está feito em atalhos caminhas  em cifras dedilhas
Faceira doçura posto em teu jardim em parceira loucura tua vida em festim olor de jasmim
Tua luz expande te guiará tua voz veludo não me iludo tu alcançarás
Ímpar é teu caminho um fascínio teus sonhos tenros  desfruta-os e o amor: degusta-o!




PARTIDA

Imagem
Estrada inóspita quais pedregulhos rudes saiam do caminho, ordeno! Ouçam! Obediência surda... Me ofendo Escondo-me, a voz se apaga não há calor há um bramir amargo retraio e calo-me e assim, não há derrotas mundo de bizarrices pueris devora-me fujo e ponho-me o esconderijo é hostil tenho frio e ali permaneço a visão é nula, me camuflo olhar abatido... perseguido as lágrima não mais entornam devo partir pra lugar algum infinito há... Será? Tateio no escuro Lamparinas? Donde estás? Apagam-se é a minha cruz intensa luz não mais reluz... Jus?








IMAGENS LIVRES Disponível em . < sonhoepoesias.com.br> . Acessado em 29/03/2015, 20h35min

SEM TÍTULO

Imagem
Anoiteceu...
E mesmo com a insistência da escuridão,
ao fechar os olhos, 
o Dia se expressou...
ganhou forças e se refez.
Descampou o daninho. 
Sintonizou-se com o amor e floresceu em planuras.
Os sonhos foram estampados nas telas em perfeita melodia.
E a projeção reluzente se firmou na tão esperada poesia... 

Raiou o dia! 







IMAGENS LIVRES Disponível em . < www.curaeascensao.com.br  > . Acessado em:06/03/2015, 11h05min

LICENÇA

Imagem
Expresso meu sentir aqui jaz em pulos coração traz

sensível
poetizo em dicção pura emoção qualquer jurisdição

nas mãos
ressurgem versos simples rimas reais  encontros matinais

me alegra
a alma na aurora na poesia sentida em telas floridas

e em fragmentos
me lanço nas ventanas e liberto o aroma em Gana

nas montanhas
em sonhos me trago suspensos sobrevoo o lago e assim...

viajo
peregrino destravo o caminho no meu ninho no espaço sozinho







IMAGENS LIVRES Disponível em: . <lenabadalhoca.blogspot.com  > . Acessado em: 01/03/2015, 18h25min

ISOLAMENTO

Imagem
É contramão do descaminho ultrapassando o mais alto dos cirros e o silêncio que jaz em pergaminho faz de mim caminhar em trilhos
Tamanha solitude que agita em contrária lacuna indolor receptiva proclamo...me ensinas? debulhar em ti com ardor
Ralha em mim o silêncio que cala convívio insólito das manhãs vazias noites afins em claustro que valha aceitar teu afeto, mas que ironia
O desencontro que me acalenta faz de mim perder-te e deste sol que ainda alimenta um luar ilusório de querer-te
Habitual ares desenha um alento costumeira me encontro e sigo amar-me mais será meu intento em solidão profunda, meu desígnio




***Inspiração ao poema NO COLO DO SILÊNCIO do poeta e escritor FACURI do Recanto das Letras.***






IMAGENS LIVRES: Disponível em . < br.freepik.com  > . Acessado em: 19/02/2015, 11h50min

DEVANEIOS

Imagem
Iludo-me...
rede de farpas penetro deixo marcas
Consagro-me...
pura nudez canto a poesia pura sensatez
Debruço-me...
saio de vez o mar desfila peço outra vez
Percebo-me...
em lamas por ti choro ainda clamas
Vejo-te...
noutros olhares irreais sortidos papéis antigos
Lembro-me...
outras miragens atos impróprios desfaço paisagens
Jogo-me...
estou acolá não quero voltar vejo o trem passar
Por fim...
o amor em mim  que não tenha fim no tempo encontrar o brilho do teu olhar







RENOVAÇÃO

Imagem
E mesmo já o tendo demonstrado em situações diversas, meio que desajeitada, deslumbro-me na imensidão, permitindo aos ventos que me levem aos quatro cantos, e assim, possa o amor em suas derivações... ressurgir.






IMAGENS LIVRES Disponível em: . < projetosantacatarinaparajesus.blogspot.com  > . Acessado em: 28/01/2015, 10h15min

ABRIR O ANO NOVO

Imagem
Abra o ano novo com entusiasmo e alegria desenlace o anterior e todas vis escarpas que a fé inabalável te envolva com euforia em plácidos anseios para o deleite d'almas
Retire o manto das agruras e desobstrua nada é tão ruim que não se possa reverter renove a vida com bons hábitos e ternura da lama fétida ao porvir de um bom viver
O convite está posto não há como recusar sem mais delongas coloquemo-nos à prova revigorar com êxito será o nosso patamar ao um novo ano à contento que se renova





IMAGENS LIVRES Disponível em: . < br.freepik.com  > . Acessado em: 02/01/2015, 08h44min