Postagens

Mostrando postagens de Novembro 6, 2011

REFLEXÃO

Não tenho medo da morte, tenho medo de viver indignamente. Foi um final de semana bem produtivo, de pura reflexão. Argumentos diversos aguçaram minhas células nervosas. Indagações e réplicas se misturaram num ir e vir como um transeunte incansável em suas andanças. Pensamentos lúdicos... Pensamentos efêmeros... Pensamentos sorrateiros... Todos ocuparam minha mente que insiste em desafiar-me. Oportunamente na mira de um novo olhar, o suposto desaparecimento me inspira, me completa, e despejo a aura declarada do porvir no telhado laureado de versos azul anil.