OUTONO


Oposição alguma às outras estações
mas essa tem a leveza do sono materno
outono, ah outono!
é o meu portal
transito noutras como aprendiz
em ti vislumbro a inquietude
teu sopro carrega os meus sonhos
veleja por outras galáxias
revive na palma da mão... o mundo!
o sol curva-se, e dispara raios amenos
chuvas esparsas pulsam em soalho aquecido
as árvores gargalham entre galhos
de folhas despetaladas
a natureza mostra o teu canto e sorri
ouço o teu riso
é do riacho em teu curso
da pedra em teu esculpido
do tapete no asfalto por tuas pétalas
sinto o teu cheiro
disfarça-se em mim como aquarela
é o cheiro do girassol
outono, ah outono!!!!






IMAGENS LIVRES, Disponível em: <livrespensantes.blogspot.com>  Acesso em: 18 jul 16.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A TROCA

19

ESTRELA MAIOR