O PASSEIO

Lembro-me dos nossos passeios quando sobrevoávamos a plantação de trigo,
vôo rasante e pleno, envolvidos pela brisa matinal
de uma natureza incomum, embevecidas pelo aroma delicado e constante,
subíamos e descíamos num passeio sideral,
a plumagem roçava com leveza nossas faces
tonificando nossas peles e purificando nossas almas
numa completa e real felicidade!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OUTONO

19

DOLORIDA